Criança vira melhor amiga de idoso e o cura da depressão

11/11/2016

Dan Peterson, de 82 anos, estava em um mercado na Geórgia, nos Estados Unidos, quando conheceu, por acaso, Norah Wood, de 4.

 

 

A menina ajudava sua mãe, Tara Wood, a fazer as compras quando, de repente, acenou para o idoso e disse: “Oi, velhinho. Hoje é o meu aniversário”. Peterson conversou com Norah, mas cada um seguiu seu caminho. Minutos depois, porém, a garotinha voltou, querendo tirar uma foto com o senhor que tinha acabado de conhecer.

 

A mãe de Norah compartilhou a foto em sua conta no Facebook e n meio das mensagens ela recebeu a de um amigo do próprio Peterson, que lhe revelou a história do idoso: ele havia perdido a mulher meses antes, estava deprimido e conversar com a garotinha o deixou muito feliz.

 

o saber que Peterson estava deprimido, a mãe decidiu que iria levar sua filha para visitar o novo amigo todas as semanas. No primeiro reencontro, Norah abraçou o idoso, mostrou a foto que tiraram no mercado e algumas pinturas feitas por ela (ele as pendurou na geladeira) e entregou doces.

 

Depois do novo encontro Norah disse à mãe que estava preocupada com o fato de seu amigo morar sozinho e perguntou se elas não poderiam comprar um cachorro para ele, "já que cachorros fazem tudo ficar melhor".

 

Tara topou comprar um cachorro de pelúcia. Mãe e filha fizeram uma visita surpresa apenas para entregar o presente, ele adorou e entregou à menina um bichinho de pelúcia que já havia comprado para entregar a ela no próximo almoço que teriam. “Ele disse que não tinha uma noite inteira de sono há muitos meses – tristeza e ansiedade faziam com que ele perdesse o sono, mas, desde que conheceu Norah, ele dorme rapidamente todas as noites. Ele disse que ela o “curou” e, ai meu Deus, eu estou chorando de novo...” compartilhou a mãe com seus seguidores após as trocas de carinho.

 

No dia do aniversário de 82 anos de Peterson, Norah levou balões, presente e bolo para comemorar a data especial. No Halloween, a menina foi visitar Peterson vestida de Minnie e posou sorridente ao lado do idoso.

 

Em entrevista à TV CBS News, Peterson afirmou: “Se eu não tinha mais nada para fazer no restante da minha vida, agora eu tenho ela para amar”. Pelo visto, o encontro inesperado no mercado foi apenas o início de uma longa e genuína amizade.

 

Please reload

O que são crenças limitantes?

05.07.2018

Como criamos a Frustração

05.07.2018

Como a ansiedade muda a nossa percepção do mundo?

05.07.2018

Chorar bastante pode fazer bem

05.07.2018

1/4
Please reload

Título 2