Às vezes, crescer dói, mas é bom!

22/09/2016

O que você costuma varrer para debaixo do tapete e o que isso tem a ver com inteligência emocional?

 


Primeiro, vamos definir o que essa expressão significa. Quando falamos em "varrer algo para debaixo do tapete" estamos nos referindo à preguiça que temos, em algumas ocasiões, de terminar um serviço ou de resolver uma questão. Então, preferimos fingir que está tudo bem, que está tudo limpo quando, na verdade, não está.

A segunda questão é: quando varremos a sujeira para debaixo do tapete, ela some? Os problemas desaparecem? A sujeira deixa de existir simplesmente por não estar mais no nosso campo de visão?
 

Não, né? Elas continuam lá e vão acumulando até virarem um montinho não mais tão imperceptível assim.
 

No início, realmente, nós sequer notamos que a sujeira está lá, mas o tempo vai passando, o montinho vai aumentando e, quando menos se espera, vem o tropeção. A verdade é que ao esconder algo, ou fingir que o problema não existe, desejamos que uma mágica aconteça e que tudo suma, de uma hora para outra, ou se ajeite por conta própria sem nenhum esforço, feito mágica. Mas não é assim que as coisas acontecem.

Eu entendo, sentir preguiça emocional nesses momentos é até natural. E isso ocorre porque o nosso cérebro é preguiçoso. Ele é eficiente, mas busca gastar o mínimo de energia possível tentando burlar tudo aquilo que nos leva a realizar um esforço além do esperado, pois ele não quer se cansar e, vamos admitir, resolver questões emocionais dá um trabalhão!

Às vezes, crescer dói, mas é bom! E é essencial para se ter uma vida com qualidade. Pessoas que são emocionalmente maduras são autor responsáveis e sabem da importância de se conhecerem. Se eu tenho um determinado sentimento e faço de conta que ele não existe, ele não evapora. A emoção fica lá no fundo acumulando e aí um belo dia explode.

Se você tem uma questão mal resolvida e simplesmente escolhe não pensar nela, isso não fará o problema desaparecer. Ele ficará escondido durante um tempo e, enquanto isso, é até possível que você nem se lembre da situação. Só que tem um detalhe: geralmente, as questões das quais a gente mais quer se livrar costumam ser as mais fortes, mais intensas e mais negativas.

 

E essa sujeira emocional, se não foi digerida, fica se alimentando das nossas sombras.

Please reload

O que são crenças limitantes?

05.07.2018

Como criamos a Frustração

05.07.2018

Como a ansiedade muda a nossa percepção do mundo?

05.07.2018

Chorar bastante pode fazer bem

05.07.2018

1/4
Please reload

SOBRE O SITE

A ideia deste site é contribuir com informações sobre psicoterapia, psicologia, bem estar e saúde emocional.

 

 A psicóloga Beatriz Brandão atende na região de Moema em São Paulo, no seu consultório de psicoterapia.

 

Seja muito bem-vindo, e espero que você encontre aqui as ferramentas para fazer você compreender melhor o trabalho do psicólogo no processo de terapia e desenvolver o que há de melhor em você.

CONTATO

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Google+ Icon
  • White YouTube Icon

BEATRIZ BRANDÃO

PSICÓLOGA

MAPA SITE

|   CRIADO POR: BEATRIZ BRANDÃO | PSICÓLOGA BEATRIZ BRANDÃO   |  MOEMA | CLINICA PSICOLOGIA  |  ATENDIMENTO PSICOLOGICO | PSICOTERAPIA | PSICOLOGIA | 2017 |